Espaço público, Cultura, Política, Comunidade, Território, Pessoas

CategoriaPara debater

Inquisición

Non vou volver insistir no debate sobre terapias alternativas e oficiais. Cadaquén ten a súa opinión e todas son respectábeis se parten da honestidade intelectual. A miña xa a din hai un mes neste mesmo blog no artigo: “¿Pseudociencias ou fundamentalismo científico?”. Non penso seguir polemizando nin pretendo gañar debates. Se lle serviu a alguén para reflexionar xa me dou por satisfeito. E...

Défices na maturidade cultural galega III

Queda demográfica (e oportunidades) O terceiro assunto pode ser definido de muitas maneiras: queda demográfica é umha delas; crise demográfica, perda de população… Qualquer delas apresenta um matiz diferencial. Como for, tem decisivas implicações económicas, sociais e culturais. Pensemos que é um caso com (algum) remédio. E meditemos a partir da dúvida metódica que Xoán Carlos Carreira...

¿Pseudociencias ou fundamentalismo científico?

Nos últimos tempos semella que existe unha especie de «cruzada» contra as chamadas pseudociencias ás que se lles imputa que non existe evidencia científica que as avale. Da a impresión de que a ciencia é asumida como unha relixión, na que só é válida a ciencia «oficial». Non hai que esquecer que a ciencia é unha estrutura de poder, coma outras, e que ten intereses económicos. Por iso gostaríame...

Défices na maturidade cultural galega II

O AVE, a Madrid ou à Galiza, o AVE Bom, quiçá seja este um primeiro interrogante útil: essa obra é para ligar Madrid à Galiza ou para ligar a Galiza a Madrid? A resposta, cálculo, virá pronta: para as duas cousas! No entanto, parece-me que o efeito vai mais na segunda que na primeira direção. Ao menos desde a Galiza, parece-me que assim é visto, talvez com exceção de interesses comerciais que se...

Espaço público, Cultura, Política, Comunidade, Território, Pessoas

Xoán Carlos Carreira Pérez

Doutor engenheiro agrónomo, professor de Engenharia Agroflorestal na Universidade de Santiago de Compostela. Autor de vários livros e artigos científicos, tem colaborado em diversos meios de comunicação, como A Nosa Terra, El Progreso, Vieiros e Praza Pública.

Elias J. Torres Feijó

Tenta trabalhar coletivamente e acha que o associacionismo é a base fundamental do bom funcionamento social e comunitário. A educação nos Tempos Livres é um desses espaços que considera vitais. Profissionalmente, é professor de Literatura, em origem, e, mais, na atualidade, de Cultura.

Xosé Manuel Sarille

Polemista e tamén escritor. Autor do ensaio "A impostura e a desorientación na normalización lingüística". A quen lle interese lelo pode solicitalo neste blog e enviaráselle ao enderezo correspondente sen custo ningún do exemplar nin do transporte.

Viva Cerzeda

Espaço público, Cultura, Política, Comunidade, Território, Pessoas… Viva Cerzeda é a comemoração, para nós, da amizade, do bom humor sempre que possível e de tentar contribuir com algumhas ideias e opiniões para entender(mos) e atuar(mos) do melhor modo o mundo… É ambicioso mas é-che o que há… e para mais não damos…

Contacta-nos aqui

Acompanha